do alto deste imenso nada

                           farei com que caiam (levemente)

                           minhas palavras como plumas inúteis e belas.

                           tenho na memória vagas lembranças

                           da noite passada

                           alguns versos distantes, rostos e vozes.

                           farei minhas palavras despencarem

                           e com elas despencarei eu também

                           e todo o meu passado será de uma só vez extinto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: