A VOLTA DA LINHA DA NÉVOA

                                         PSSARO~1                                                                                                                                           

 

 

 

 

 

 

um pássaro encontrado por detrás da vidraça – pode ser uma semente se insinuando ou ser simplesmente um pássaro – mas revela algo em sua linhagem mágica este pássaro feito de glórias do sol e do eterno encanto inatingível – como as crianças – e os rios – e as sereias – dor e esplendor

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                               contudo há um universo interno pleno de cometas & neurônios que nos diz “ bondade , bondade”um quase sussurro vindo de uma criança iluminada em sua noite de dragões e jogos – linda noite de encantos     

 

um pássaro – seu peito cheio de um som amarelo – uma bússola sim orientada por um som inaudível para nós – e logo a seguir a segunda borboleta laranja da noite , um céu de lírios iluminado por um solzinho cantante – um rio , uma pedra – esplendor e só esplendor

 

entra um som , uma voz , um ruído , no mais profundo da alma , tilinta , um sopro feito de luz , tingido na mais negra tinta da noite , vivo , circulante , abrangente , fluxuoso , bondoso , enigmático , estrito , preciso , tenebroso em todo seu furor de ambiguidade , duas margens insinuando a terceira , borboleta – noite riscada no calendário das vertigens , é claro

Anúncios

2 respostas para A VOLTA DA LINHA DA NÉVOA

  1. Nicky-san disse:

    Sabe o que me acorda de manhã?
    O som amarelo dos passarinhos na minha janela…

    Gostei do poema, mexeu comigo.

    Lembrou de leve o simbolismo do Mallarmé.

    =)
    Beijo

  2. mantraman disse:

    Oi Monique!

    Vc acertou : adoro Mallarmé…a poesia-sensação, cheiro, som.

    Lembranças ao som amarelo dos pássaros da sua janela.

    Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: